ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DE HAMBÚRGUER DE FRANGO PRODUZIDO DE FORMA ARTESANAL

ACÁCIO CINTRA MACEDO, MURILO NEVES BORGES DE OLIVEIRA, STEFÂNIA MARCIA DE OLIVEIRA SOUZA

Resumo


A carne de frango possui um papel fundamental no cenário mundial e local pelas suas qualidades nutricionais e baixo custo. Segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal o Brasil tem hoje uma das maiores produções de frango e se apresenta no cenário de exportação como o maior exportador do mundo de carne de frangos. Em alguns países a carne de frango é a principal causa de enterites bacterianas, tal fato pode ser empregado à erros de manejo e má higiene no pré e pós abate, ou nas etapas de beneficiamento. O presente trabalho avaliou a carne de hambúrguer de frango produzida de forma artesanal a partir de cortes de peito de frango. Os resultados laboratoriais foram realizados conforme legislação brasileira, sendo de 104 UFC/g para mesófilos e 105 UFC/g para psicrotróficos, não havendo detecção de C. termotolerantes. Os fatores de contaminação para os subprodutos de frango são diversos. Condições precárias no manejo higiênico-sanitária dos animais no pré e pós abate, são fatores de grande importância. No entanto, os resultados obtidos neste trabalho correspondem aos valores que demonstram segurança para o consumo do produto, tendo como base os periódicos publicados e a legislação vigente. Portanto, os resultados encontrados no presente trabalho demonstram que o produto está apto para consumo, visto que apresentou carga de contaminação inferior a 105 e 107 para aeróbio mesófilos e psicrotróficos, respectivamente, conforme descrito na literatura.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Científica de Medicina Veterinária - REVET - ISSN 2448-4571

Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos - UNICEPLAC

Gama Leste, Brasília - DF

revista.veterinaria@uniceplac.edu.br