COMPARATIVO DO ÍNDICE DE VACINAÇÃO COM A ANTIRRÁBICA ENTRE EQUÍDEOS DE TRAÇÃO E EQUÍDEOS DE ATIVIDADES ESPORTIVAS NO DISTRITO FEDERAL

LETHICIA DA SILVA SANTOS, CLEYBER JOSÉ DA TRINDADE DE FÁTIMA, CAROLINA MOTA CARVALHO

Resumo


Os equídeos de tração urbana são animais que estão susceptíveis a doenças e imunossupressões devido à escassez de cuidados sanitários adequados, sendo a vacinação muitas vezes não preconizada pelos carroceiros tutores deixando o animal vulnerável à possíveis doenças que podem causar danos ao animal e as pessoas com estes envolvidos, como a raiva, esta afecção que pode ser evitada através da vacinação. O que se difere dos animais de esporte e de demais esferas de criação, cujo a vacinação para manter a sanidade animal é realizada. Para constatar a discrepância entre o índice de vacinação de animais de tração com os equídeos de atividades esportivas, foi analisado fichas-clinicas provenientes do projeto carroceiro da instituição de ensino UNICEPLAC que atende animais da cidades do Gama e Santa Maria-DF e a realização de um questionário online para médicos veterinários que atuam na área de hipiatria e tutores de cavalos que praticam esportes, que constatou que dos 86 animais de tração atendidos no período de 2017 a 2019, 91% não eram vacinados e nos demais equídeos de esporte equestre, 86% são vacinados. Essa diferença pode estar associada aos níveis socioeconômicos distintos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Científica de Medicina Veterinária - REVET - ISSN 2448-4571

Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos - UNICEPLAC

Gama Leste, Brasília - DF

revista.veterinaria@uniceplac.edu.br