RUPTURA TRAUMÁTICA DO TENDÃO EXTENSOR DIGITAL COMUM DO DEDO EM EQUINO- RELATO DE CASO

LETHICIA DA SILVA SANTOS, JANARA CUSTÓDIO DOS SANTOS, CLEYBER JOSÉ DA TRINDADE DE FÁTIMA, BRUNO MARQUES MORETI, CAMILLA ALMEIDA ANDRADE, CAROLINA MOTA CARVALHO

Resumo


Após uma exposição de força abrupta o tendão extensor digital comum pode se romper podendo levar a claudicação. Geralmente essas rupturas ocorrem na porção distal dos membros pélvicos em animais adultos, por ação de objetos perfurocortantes e próximo a região do carpo em casos de potros recém-nascidos com alterações congênitas. O presente trabalho tem o objetivo de relatar o caso de um equino adulto que sofreu ruptura do tendão extensor digital comum do dedo durante atividade esportiva sem danos perfurocortantes, mantendo a integridade física da pele. Sendo o diagnóstico final realizado por meio da ultrassonografia e optado por tratamento conservativo, este apresentou resposta satisfatória voltando a praticar sua atividade esportiva.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Científica de Medicina Veterinária - REVET - ISSN 2448-4571

Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos - UNICEPLAC

Gama Leste, Brasília - DF

revista.veterinaria@uniceplac.edu.br